Seja bem - vindo ao novo Blog do ADMEI, aqui nós ajudamos você com a sua educação financeira

Financiamentos




Fatores de restrição ao crédito

30 de Janeiro de 2018   Por: Rafael Santana

Ei MEI, você que está iniciando agora no ramo; sabe quais são as restrições ao crédito nos bancos? Vamos começar por etapas.

Toda instituição financeira deve classificar o risco de uma operação de crédito entre o nível A (excelente) e o nível H (alto risco de inadimplência). Essa classificação influenciará não só na elevação das taxas de juros, quanto no aumento das exigências de garantias.

 

FATORES ANALISADOS

           1.       Análise inicial (crédito, caráter do MEI e capacidade do MEI)

De início, o banco faz uma análise do crédito, que é a visão do agente financeiro. Em seguida é feita uma análise do caráter e da capacidade do MEI. Quando se fala em caráter, é a predisposição de pagamento do MEI. Já a capacidade consiste na capacidade do empresário em pagar o crédito disponibilizado.

           2.       Análise em segunda estancia

Ainda em análise pelo banco, se verifica o somatório de ativos que proponente tem disponível para oferecer em garantia ao empréstimo. Também se avaliam as condições, devido ao mercado atual, assim como circunstâncias especiais, devem ser consideradas ao avaliar as especificidades de crédito.

           3.       Risco de crédito (avaliação do 6° C do crédito)

Por último se avalia o coletivo e o risco de crédito. O coletivo é a chamada avaliação do 6° C do crédito. Onde, considera-se, para efeito de análise de risco do empreendimento, o seu grau de inserção e integração em um coletivo de empresas do tipo cadeia ou aglomeração produtiva, organizado ou não como Arranjo Produtivo Local (APL). As instituições financeiras já começam a perceber essas empresas com um menor diferencial de risco, alterando seus parâmetros de avaliação, reduzindo as exigências, simplificando processo e, consequentemente, os custos diretos e indiretos de acesso.

 

Todos esses pontos são analisados pelos agentes financeiros, para ter em mente a existência de duas condicionantes, que é o risco e o retorno da operação de crédito; de acordo com a Resolução nº 2.682 do Banco Central determina níveis de classificação de risco.

Com informações do SEBRAE



Mais Populares

FINANCIAMENTOS

Fatores de restrição ao crédito

30 de Janeiro de 2018

MEI

WhatsApp Business: O que é?

26 de Janeiro de 2018

Educação Financeira

Dicas para não perder os benefícios MEI

12 de Janeiro de 2018