Seja bem - vindo ao novo Blog do ADMEI, aqui nós ajudamos você com a sua educação financeira

Mei




5 dicas de consumo consciente para o microempreendedor

17 de Julho de 2017   Por: Ailton Rodrigues

Consumo Consciente é o ato de adquirir e usar bens de consumo, alimentos e recursos naturais de forma a não exceder as necessidades. Além de ser uma questão de cidadania, as atitudes de consumo consciente ajudam a preservar o meio ambiente. Isso não significa privar-se de uma vida confortável, mas uma busca por reduzir, reciclar e reaproveitar tudo o que for possível a fim de contribuir para a preservação do meio ambiente e com o equilíbrio do planeta.

Consumir com consciência é consumir diferente, tendo no consumo um instrumento de bem estar e não um fim em si mesmo.

Estas práticas também são muito importante para o MEI, tanto em relação à pessoa física, como para o seu empreendimento.

 

 

 Veja algumas dicas:

 * Pessoa Física

1.      Planejamento

No planejamento de suas compras não seja impulsivo. A impulsividade é inimiga do consumo consciente. Planeje antecipadamente, faça uma lista, com isso compre menos e melhor.

2.      Avalie os impactos de consumo

Ao consumir, leve em consideração o meio ambiente e a sociedade em suas escolhas de consumo. Reflita bem sobre suas reais necessidades e procure viver com menos.

3.      Use crédito conscientemente

Pense bem se o que você vai comprar a crédito não pode esperar e esteja certo de que poderá pagar as prestações. Principalmente devido aos altos juros do cartão de crédito.

4.      Cobre dos políticos

Seja participativo, exija de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática de consumo consciente.

5.      Reflita sobre seus valores

Avalie constantemente os princípios que guiam suas escolhas e seus hábitos de consumo.

 

“Consuma sem consumir o mundo em que você vive”. 

 

* Empreendedor

 

1.      Planejamento

Ter muito estoque hoje não é sinônimo de ter capital, também o desperdícios de materiais é mais que prejuízo, podemos dizer que também é deixar de investir. Por isso fique atento a real necessidade de compras para seu negócio, faça um planejamento das compras de acordo com seu planejamento financeiro e a necessidade de consumo/vendas;

2.      Avalie os impactos de consumo

O consumo em seu negócio deve ser apenas o excencial, seja ele energia, água, embalagens ou até mesmo matéria prima.

Como é o novo comportamento dos clientes, fique atendo para fornecer a eles realmente o que eles precisam.

3.      Use crédito conscientemente

Tente não fazer compras à prazo, mas seja impossível, busque os melhores créditos caso utilize financiamentos, procure antecipar a liquidação, pois ganhará descontos, não deixe parcelas atrasarem e se atrasar renegocie para não pagar juros mais altos.

No caso de fornecedores, busque mais de um parceiro/fornecedor para ter mais de uma opção de valor e prazos.

4.      Cobre dos políticos

Dentro de sua atividade econômica e grupo empreendedor, sensibilize as pessoas para juntos cobrar de partidos, candidatos e governantes propostas e ações que viabilizem e aprofundem a prática de consumo consciente.

5.      Reflita sobre seus valores

Os valores do seu negócio devem estar alinhados aos seus valores pessoais dessa forma, não esqueça de avaliar constantemente os princípios que guiam as escolhas e hábitos de consumo do seu negócio.

 

Saiba mais sobre consumo consciente em Instituto Akatu.

 

 



Sugestões para você